"Aqui está a perseverança dos santos, os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus." (Ap 14:12)

sábado, 29 de abril de 2017

Adoração em espírito e em verdade

No Apocalipse, nosso Senhor Jesus deixou-nos um guia seguro pelo qual podemos conhecer a vontade de Deus em matéria de adoração e ainda precaver-nos contra os astuciosos enganos de Satanás quanto ao assunto.

Em virtude de sua natureza decisiva no âmbito da obra final de Cristo no santuário celestial, a adoração ocupa um lugar central no Apocalipse, especialmente nas profecias do tempo do fim.

Por meio dessas profecias, Jesus Cristo nos adverte que os verdadeiros adoradores não serão avaliados no juízo por suas pretensas reivindicações de autoridade ou santidade, mas por sua obediência à "palavra de Deus" e ao "testemunho de Jesus" (Apocalipse 12:17; 14:12)!

sábado, 22 de abril de 2017

Reavivando a experiência da adoração de Deus


No sentido mais amplo do Novo Testamento, e, particularmente, do livro do Apocalipse, a verdadeira adoração de Deus está inextricavelmente ligada ao ministério de Cristo no santuário celestial. Perder de vista a Cristo em Seu santuário equivale a perder o significado espiritual da adoração verdadeira e, portanto, tudo o que ele representa na vida do crente.

Uma renovação da adoração entre o povo de Deus deve necessariamente consistir em um retorno a Cristo, pela fé, no local de Sua derradeira obra em favor dos santos, ou seja, no santuário celestial (Hebreus 4:14-16; 7:24-25; 8:1-2; 9:23-24; 10:19-23)!

quinta-feira, 13 de abril de 2017

A adoração aceitável a Deus: Uma introdução

Ao considerarmos o chamado do primeiro anjo para reavivar a adoração verdadeira, não devemos perder de vista três questões fundamentais relacionadas à sua solene mensagem.

A primeira delas diz respeito à por que Deus deve ser adorado, a segunda, quando Deus deseja ser especialmente adorado, e a terceira, como nós devemos adorá-Lo.

Em virtude de sua evidente importância, vamos recapitular muito sucintamente as duas primeiras questões, e assim introduzir com maior propriedade a terceira.

sábado, 8 de abril de 2017

A adoração e o sábado (parte 3)

Quando um clérigo do Estado americano do Iowa, chamado Enright, durante uma palestra intitulada "A Igreja Verdadeira da Bíblia", ofereceu mil dólares a qualquer pessoa que provasse somente pelas Escrituras que o domingo é o dia do Senhor, ele estava plenamente convencido de que ninguém seria capaz de reclamar a importância (em 1884, mil dólares eram uma soma expressiva de dinheiro!).

Alguns anos depois, em 1889, o padre Enright renovou o seu desafio em uma apresentação em Harlan, sem encontrar, contudo, uma única pessoa que pudesse fazer jus ao prêmio. "Tenho repetidamente oferecido mil dólares", disse ele, "a quem puder apresentar evidência bíblica de que o domingo é o dia que devemos santificar, e ninguém ainda reclamou o dinheiro. Se qualquer pessoa nesta cidade mostrar-me qualquer texto nesse sentido, vou amanhã à noite reconhecer publicamente e agradecer-lhe por isso". (1)

sábado, 1 de abril de 2017

A adoração e o sábado (parte 2)



O Apocalipse é o livro da Bíblia que mais nos adverte quanto ao ódio visceral de Satanás contra Jesus Cristo e Sua igreja.

O capítulo 12 - o primeiro dos capítulos que compreendem as visões centrais do Apocalipse e que se estendem até o capítulo 14 - revela não somente as sucessivas perseguições contra o povo de Deus ao longo da história, mas também a dimensão mais profunda desse conflito milenar; a origem de todo o ódio e crueldade contra a mulher, símbolo da igreja de nosso Senhor Jesus (Apocalipse 12:7-12).

Postagens populares

Postagens em destaque

É tempo de despertar. Antes que as três mensagens angélicas sejam proclamadas ao mundo (Apocalipse 14:6), elas devem exercer sua influência reavivadora e santificadora entre o professo povo de Deus.

A religião humanista da nova ordem. Muitos religiosos de hoje têm substituído a suficiência de Cristo pela suficiência humana, na esperança de estabelecer o reino de Deus na Terra.

A maior e mais urgente necessidade. A Testemunha Fiel e Verdadeira ainda clama a plenos pulmões pelo arrependimento e conversão de Seu povo, disposta a oferecer perdão, consagração e reavivamento espiritual.

O papel da Igreja na comunidade: uma reflexão. A ênfase na filantropia parece constituir a única maneira possível de tornar a Igreja socialmente relevante num mundo imediatista e ávido por resultados tangíveis.

A verdadeira e a falsa adoração. Ao revelar os muitos contrastes entre a verdadeira e a falsa adoração, o Apocalipse fornece informações preciosas para permanecermos fiéis a Deus e não ser seduzidos pelos apelos da religião popular.

Preparação para o Segundo Advento. O que a Bíblia ensina a respeito da preparação para o Segundo Advento? Existe alguma indicação de que precisamos fazer preparativos especiais além de expressar fé e amor ao Senhor Jesus Cristo?

Leituras indispensáveis

Arquivo do Blog

Quem sou eu

Minha foto

Leitor voraz. Alguém que gosta de escrever. Cristão protestante de nascimento, apaixonado pelas profecias bíblicas.

Seguidores

Siga-me por Email

Total de visualizações

Permitida a reprodução, desde que sejam mantidos os créditos do autor. Tecnologia do Blogger.
Scroll To Top